Desafios do IOT

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinFacebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedin

Semana passada, li um artigo publicado por uma amiga, sobre os Desafios do IOT. Achei muito interessante, e resolvi compartilhar com vocês. No final do texto, anexo um vídeo apresentado pela IBM no evento QCON, onde um robo é controlado pelo Bluemix.

Aproveitem!

Ontem estava lendo uma matéria que falava sobre a emergente “internet of the things” e os seus desafios, o que me motivou a escrever sobre o assunto.

A quantidade de coisas integradas à internet cresce cada dia mais. Pesquisas do Gartner estimam que a IoT incluirá 26 bilhões de unidades instaladas, até 2020, e os fornecedores de produtos e serviços vão gerar receitas adicionais superiores a US$ 300 bilhões, a maioria em serviços.

                         “A velha boneca Barbie agora já tem o poder de interagir com as crianças. Um chip embutido permite que a boneca ouça quando as crianças falam com ela. Então, o registro captado é enviado, via conexão sem fio, a computadores mais potentes, instalados em um Data Center, que decifram o sentido das palavras e sugerem uma resposta apropriada.”

Quando eu era criança passava horas criando dialógos com a minha boneca preferida, mudava a minha voz, só para imaginar que a boneca falava comigo. Hoje ela realmente fala, e mais que isso, está sendo preparada para responder as minhas peguntas. Isso é fantástico. Mas não estamos falando apenas de uma mudança de cultura, mas dos riscos que isso pode trazer. Já pensaram se algum hacker movido pela vontade de prejudicar a marca, ou apenas para sua diversão resolva fazer com que a boneca fale algo que não estava no script?

Aparelhos inteligentes, ou produtos como máquinas de lavar, secadoras, geladeiras e outros que podem se conectar à internet e uns aos outros. Estamos falando de demandas de integração entre diferentes dispositivos e aplicações, crescimento e análise dos dados, backup de dados, gerenciamento e monitoramente dos dados e entre outros desafios. Listamos 8 desafios da IOT:

1-Segurança – A crescente digitalização e automação dos milhares de dispositivos implantados em diferentes áreas dos ambientes urbanos modernos darão origem a novos desafios de segurança para muitos setores.

2-Empresa – Os significativos desafios de segurança continuarão pelo fato de que o Big Data – criado a partir da implantação de inumeráveis dispositivos – aumentará, drasticamente, a complexidade de segurança. Isto, por sua vez, impactará nas exigências de disponibilidade, que também devem crescer, colocando processos de negócios em tempo real e, potencialmente, segurança pessoal em risco.

3-Privacidade do consumidor – Como já acontece com os equipamentos de medição inteligente e automóveis cada vez mais digitais, haverá um vasto volume de dados fornecendo informações sobre o uso pessoal dos dispositivos que, se não forem seguros, podem abrir caminho para violações de privacidade. Isto é um desafio, pois a informação gerada pela Internet das Coisas é essencial para trazer melhores serviços e o gerenciamento destes aparelhos.

5-Dados – O impacto da Internet das Coisas no armazenamento tem duas vertentes em relação aos tipos de dados a serem armazenados: pessoais (de consumidores) e Big Data (de empresas). Dados serão gerados, na medida em que os consumidores usam Apps e os dispositivos continuam a aprender sobre eles.

6-Gestão de armazenamento – O impacto na infraestrutura de armazenamento é outro fator que contribui para a demanda crescente por mais capacidade e um dos que deverá ser resolvido, pois estes dados se tornam mais presentes. O foco atual precisa ser na capacidade de armazenamento, bem como, em saber se o negócio é capaz de coletar e usar dados da Internet das Coisas de uma maneira efetiva em termos de custos.

7-Tecnologias de servidores – O impacto da Internet das Coisas no mercado de servidores será amplamente focado no investimento crescente em segmentos chave e organizações relacionadas a eles, nos quais a Internet das Coisas possa ser rentável ou gere valor significativo.

8-Rede de Data Center – Os links WAN nos data centerd são dimensionados para as necessidades de largura de banda moderada, geradas por interações humanas com aplicações. A Internet das Coisas deve mudar esses padrões ao transferir grandes volumes de dados de sensores de mensagens pequenas ao data center para processamento, aumentando as necessidades por largura de banda de entrada no data center.

Fonte: CIO e ECONOMIST

Caso haja interesse em falar mais sobre esse assunto, entre em contato comigo:http://www.ibm.com/connect/ibm/br/pt/resources/jaquesc/

 

Vejam como foi a apresentação do robo com o Bluemix (eu mesmo filmei rsrs):

Espero que tenham gostado! Um grande abraço!

Roberto Amaro
E-mail: contato@robertoamaro.com.br
LinkedIn: https://br.linkedin.com/in/robertotsamaro
Blog: http://www.robertoamaro.com
Twitter: @robertosamaro
Skype: robertoa.ibm

Related posts:


Tags: ,

Deixe uma resposta